Cat-1

Cat-2

Cat-3

Cat-4

» » PAUTA JUNHO VIOLETA DE COMBATE AO CERATOCONE - Dra Lorenza Français (IOR)




Oftalmologistas do mundo todo têm chamado a atenção para a necessidade de redobrar os cuidados com os olhos neste período de contágio e convivência com a Covid-19. Afinal, eles são uma das portas de entrada do novo coronavírus no organismo. Atento a isso e buscando alertar a sociedade sobre a prevenção e tratamento do Ceratocone, o Instituto de Olhos do Recife (IOR) adere à campanha Junho Violeta. “ O objetivo da campanha é conscientizar a população para não coçar os olhos. Esse alerta vale para todos mas especialmente para quem tem problemas na córnea. Se o paciente se contaminar e apresentar um quadro de conjuntivite, há risco de coçar mais os olhos e isso pode agravar o ceratocone”, explica a oftalmologista Lorenza Français, especialista em córnea no IOR.

Atualmente, a patologia atinge 150 mil brasileiros, todos os anos. É a maior causa de transplante de córnea no país, respondendo por até 65% desse tipo de cirurgia. A doença progressiva afeta a córnea e pode levar a um comprometimento da visão. “É principalmente na adolescência que o ceratocone pode se manifestar, como miopia ou astigmatismo irregular, levando o paciente a trocar várias vezes os óculos de grau”, explica a doutora Lorenza.

É por isso que a recomendação é ficar atento aos sintomas e marcar consultas periódicas com o oftalmologista. Alguns pacientes apresentam uma baixa na acuidade visual, que pode ser moderada ou severa, visão embaçada, imagens duplas e fotofobia. “O ceratocone provoca mudanças estruturais que deixam a córnea mais fina e modificam sua curvatura para um formato cônico. Por isso o diagnóstico e tratamento precoce são muito importantes, para minimizar os sintomas e diminuir o ritmo de progressão da doença”, alerta a médica.

ORIGEM – Alguns fatores podem contribuir para o surgimento e evolução do ceratocone. Estudos apontam, por exemplo, que sua procedência pode ser genética, ambiental ou celular e qualquer um desses elementos pode ser o gatilho para o início da doença. Sua manifestação também é associada ao ato de coçar os olhos. “É bastante comum que pacientes com rinite alérgica cocem mais os olhos e isso pode contribuir para o aparecimento da patologia”, explica a doutora Lorenza.

De acordo com a especialista, o ceratocone se divide em quatro estágios. No início não há alterações importantes nos exames clínicos, apenas a baixa da visão que é corrigida com óculos ou lentes de contato. “Nos casos mais avançados, as transformações são maiores. Nessa etapa, o paciente só melhora a visão usando lentes de contato específicas, rígidas ou esclerais, ou até realizando cirurgia”, explica a oftalmologista. 

CIRURGIA – A oftalmologia se destaca na área médica pelos seus avanços nos diagnósticos e possibilidades de tratamentos. Em relação as doenças da córnea, isso não é diferente e hoje há diversas técnicas cirúrgicas que garantem eficácia nos resultados. “Uma delas é o implante de segmentos de anéis intracorneanos. Também disponibilizamos o transplante lamelar anterior profundo, em que se troca a porção anterior da córnea, e temos ainda a técnica tradicional que é o transplante penetrante, em que trocamos toda a espessura da córnea”, explica a doutora Lorenza.

Uma intervenção cirúrgica disponível nos últimos anos é o Crosslinking do colágeno com riboflavina, também conhecida como CXL. “Essa técnica é indicada para casos da doença em evolução e consiste em fazermos ligações no colágeno da córnea, aumentando sua resistência e diminuindo o avanço do ceratocone”, comenta a médica.

Embora hoje existam inúmeras formas de tratar, o alerta da doutora Lorenza é para a necessidade da prevenção e diagnóstico precoce para combater o ceratocone. “Não coçar os olhos além das consultas periódicas, desde a infância, são indispensáveis, pois quanto mais cedo o diagnóstico for feito, maiores são as chances de estabilizar a doença e diminuir as taxas de transplante de córnea”.

 

Serviço:

 

Dra. Lorenza Français

Especialista em córnea

Instituto de Olhos do Recife

Fone: 2122.5000

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

About the Author tvfolhadelimoeiro

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

Nenhum comentário

Leave a Reply

NOTICIAS DA REGIÃO

NOTICIAS PELO BRASIL

NOTICIAS PELO MUNDO

Cat-5

Cat-6

ESPORTE E CULTURA