Cat-1

Cat-2

Cat-3

Cat-4

» » Alimentação saudável é ótima aliada contra o Covid-19



Suplementação com vitamina D e zinco pode fortalecer o organismo contra o vírus

Em tempos de pandemia do Coronavírus é preciso enfatizar o papel da alimentação e da suplementação de nutrientes que podem ajudar o sistema imunológico a defender o organismo da doença. Em primeiro lugar, é preciso saber que o vírus promove forte inflamação no corpo através da formação de mediadores inflamatórios e também ativa a formação de muitos radicais livres, tornando o organismo oxidado.

De acordo com a gestora de Nutrição da Universo, Ana Karla Ferrer, diante do contexto de isolamento social não se deve comer de tudo justificando o momento de estresse. “Quanto mais a população engordar, mais inflamado o organismo ficará e, como consequência, mais grave será a doença caso a pessoa seja contaminado”, explica. Mas, se a pessoa for magra e se aproveita disso para comer de tudo, especialmente fast foods, glúten, refrigerantes e produtos industrializados, esse processo inflamatório também acontece. Ou seja, para evitar a forma grave da doença o primeiro passo é ter uma alimentação saudável com muitas frutas e verduras, sem glúten e sem o exagero em leites e derivados.

Nesse contexto, o segundo passo é saber que é inquestionável o papel da vitamina D na ativação do sistema imune inato no sentido de atacar o vírus já nas primeiras 12h a 24h. Sabe-se que a depender do nível sanguíneo de vitamina D mais, ou menos exposto, o organismo estará à forma grave da doença.  “Deveríamos suplementar preventivamente a vitamina D nas quantidades diárias durante a pandemia de 10.000 UI para adultos, com 50Kg;  15.000 UI para pessoas entre 50 a 70 Kg e 20.000 UI para pessoas acima de 70Kg. Essa é uma forma de preparar o sistema imunológico para atacar o vírus. Caso já infectado e com sintoma, pode-se chegar a 150.000 UI como dose de ataque, por 5 dias consecutivos”, assegura.

Já se tem relato de casos de cessar a febre e diminuir drasticamente os sintomas associados de quem está infectado. Já outros sem muito resultado por estarem muito inflamados em decorrência de má alimentação. Ou seja, não é um passe de mágica, mas com uma alimentação equilibrada e com uma suplementação adequada, pelo menos de Vitamina D, seria evitado, em muito, as formas graves da doença com muito menos internações e necessidade de respiração mecânica, evitando mortes.

Uma ótima dica para a suplementação da vitamina D é tomar um banho de sol nos cômodos da casa que seja possível passar em torno de 10 minutos exposto. Associado à vitamina D, o organismo necessita do zinco, da vitamina C e da Vitamina B12 numa estratégia de achatamento da virulência. E ainda se tem  tantos outros nutrientes e substâncias que podem ser suplementadas como a N-acetil-cisteina, o ácido alfa lípoico, a queracetina, o resveratrol e tantos outros que podem ser utilizados com cautela e prescrição de um nutricionista a depender dos sinais clínicos e do estado nutricional. “De todas as vitaminas que o corpo necessita, principalmente nessa fase de pandemia, o que não pode faltar é a vitamina D, Vitamina C e o Zinco”, alerta.

 

Universidade Salgado de Oliveira

Endereço: Av. Mal. Mascarenhas de Morais, 2169 – Imbiribeira

Fone: (81) 3797-9026/ 9038

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

About the Author tvfolhadelimoeiro

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

Nenhum comentário

Leave a Reply

NOTICIAS DA REGIÃO

NOTICIAS PELO BRASIL

NOTICIAS PELO MUNDO

Cat-5

Cat-6