Cat-1

Cat-2

Cat-3

Cat-4

» » Esporte escolar e universitário com mais destaque no Programa Bolsa Atleta Pernambuco




Alterações no texto da lei, apresentadas no Palácio do Campo das Princesas, priorizam o desporto de base

O Governo de Pernambuco, através da Secretaria de Educação e Esportes do Estado, apresentou, nesta terça-feira (07), as alterações realizadas nos textos das leis do Bolsa Atleta Pernambuco e Time PE. A solenidade, realizada no Palácio do Campo das Princesas, contou com a presença do governador de Pernambuco, Paulo Câmara, do secretário de Educação e Esportes do Estado, Fred Amancio, e do executivo de Esportes, Diego Pérez. Vale destacar que o período de benefício dos programas é de julho/2019 a junho/2020. 

Na temporada 2019/2020, o Bolsa Atleta Pernambuco, que visa incentivar os praticantes do esporte de base, estudantil e de rendimento no âmbito do Estado através do repasse do benefício financeiro de acordo com um resultado esportivo válido, que seja devidamente comprovado, beneficiou 360 atletas/paratletas de 38 modalidades. Para 2020/2021, reforçando a prioridade de Pernambuco com o esporte escolar e universitário, o objetivo é destinar 10% do orçamento, de um total de 3,7 milhões, das modalidades olímpicas para a categoria Estudantil (Jogos Escolares da Juventude, Paralimpíadas Escolares e Jogos Universitários Brasileiros), estabelecendo os seguintes valores de benefício para as categorias: Estudantil A (campeão) - R$650 e Estudantil B (2º e 3º lugar) - R$500. 

Outra alteração é que a pasta pretende igualar os valores do benefício do Grupo I, composto por campeões de modalidades olímpicas/paralímpicas, e Grupo II, com atletas e paratletas campeões de modalidades não olímpicas/paralímpicas de confederações vinculadas ou reconhecidas pelo COB/CPB, para os mesmos conceitos de benefício, fazendo com que ambos tenham o mesmo peso e recebam os mesmos valores dentro do programa.

O programa Time Pernambuco também passou por pequenas alterações no texto. Criado como uma política de incentivo destinada a selecionar atletas, paratletas e atletas-guia com grande potencial, bem como seus respectivos treinadores, desde que atendidas as exigências e critérios estabelecidos, o benefício contemplou 20 atletas/paratletas e 15 técnicos de 11 modalidades em 2019/2020. Para a temporada 2020/2021 o critério básico para pleitear o benefício será o de ser atleta da Seleção Brasileira convocado nos últimos doze meses que antecedem o processo seletivo, nas modalidades individuais ou coletivas, além de estabelecer a comprovação de vínculo do treinador com a entidade de prática à qual o atleta esteja vinculado.

“São mudanças sugeridas pelo Conselho Estadual de Esportes, e quando se compartilha a autoria o resultado é sempre mais forte. É um novo passo e avanço de Pernambuco na valorização, reconhecimento e investimento do esporte escolar e universitário. É um grande estímulo para os atletas que conquistam medalhas nos Jogos da Juventude, Jogos Universitários Brasileiros e Paralimpíadas Escolares, criando, direta ou indiretamente, mais participação e envolvimento desses atletas. Somadas a todas as outras ações que o Governo de Pernambuco tem desenvolvido nesse segmento, vai trazer muitos benefícios a curto, médio e principalmente longo prazo”, disse o executivo de Esportes, Diego Pérez. 

O evento ainda contou com a participação de nomes de referência do desporto e paradesporto pernambucano, como os técnicos Cristiano Rocha, do handebol, Guilherme Negreiros, do basquete, e Manoel Souza, da paranatação, além de Filipe Silva, atleta convidado de modalidade não olímpica (beach soccer) e Daniel Suassuna, atleta do basquete medalhista de ouro nos Jogos da Juventude 2019. Estiveram presentes ainda, representando o Conselho Estadual de Esportes, Fernando Valença (DDI), Cisiane Dutra, Luiz Cláudio e Roberto Dornelas.

"Estamos aperfeiçoando uma política que eu acredito muito. Quando assumimos o governo, ainda na campanha, em 2014, já tínhamos como meta fazer com que a política de esportes em Pernambuco tivesse um caminho não apenas de curto prazo, mas um planejamento de médio e longo prazo. Fico feliz de estarmos avançando. A dificuldade é grande, mas estamos buscando assegurar os orçamentos para manter os esportes e agora incrementar para os estudantes. Pernambuco só vai ser o grande Estado que queremos se tiver muita educação, cultura e esporte", discursou Paulo Câmara. 

“É muito bom a gente poder ter essa representação do que temos de melhor no desporto e paradesporto de Pernambuco. 2019 foi um ano muito especial, com resultados expressivos. O governador Paulo Câmara nos deu a missão de fortalecer o esporte no Estado pensando já nas próximas gerações de atletas, e o local para descobrimos esses talentos é a escola. Voltar a unir educação e esportes e fortalecer todo esse trabalho no Estado é muito importante", complementou os secretário da pasta, Fred Amancio.
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

About the Author tvfolhadelimoeiro

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

Nenhum comentário

Leave a Reply

NOTICIAS DA REGIÃO

NOTICIAS PELO BRASIL

NOTICIAS PELO MUNDO

Cat-5

Cat-6

ESPORTE E CULTURA