Cat-1

Cat-2

Cat-3

Cat-4

» » Camaragibe: única cidade da Região Metropolitana com lixão ativo



Das 15 cidades da RMR, Camaragibe é a única que ainda utiliza lixão a céu aberto para despejar resíduos.

Camaragibe é a única cidade da Região Metropolitana do Recife (RMR) que ainda utiliza lixão a céu aberto para depositar resíduos. A situação no município poderia ser resolvida mais facilmente, já que a cidade encontra-se a apenas 24 km do aterro sanitário da muribeca, que já recebe resíduos de diversas partes da RMR. Além do perigo de acidentes, também existe o risco de contaminação e aquisição de doenças.
A cidade vive um clima de impasse político. O prefeito eleito Meira (PTB) sofreu impeachment na Câmara de Vereadores após ser preso em operação da Polícia Civil. Antes disso, em 2017, ele e a vice-prefeita  chegaram a ser cassados por abuso de poder econômico. Diversos acidentes foram relatados no lixão de Camaragibe. 

Benefícios:

Cidades que deixem de utilizar lixões passam a receber também o Imposto sobre Circulação de mercadorias e serviços (ICMS) ambiental, constituindo uma fonte de arrecadação que desafogue as contas públicas. 
Pedro Teixeira, auditor de controle externo do TCE explicou que “A diferença entre um aterro sanitário e um lixão é a forma de tratamento do lixo, pois, no aterro, por exemplo, se trata o chorume, que tem um grande poder de poluição e os malefícios no aterro são menores, se comparado com os lixões”, disse o auditor. “Em Camaragibe, no lixão a céu aberto, possui chorume por toda superfície do terreno. Não existe cobertura que impeça a presença animais vetores e o contato das pessoas com o lixo.”, finaliza. 

Trabalho:

Muitas crianças trabalham no ambiente, ajudando os pais, elas acabam entrando em contato com o lixo, o chorume e gases tóxicos. No município de Camaragibe, há entre 100 e 170 pessoas trabalhando no local. Prefeitos de todo o Brasil tiveram quatro anos para se ajustar à Lei Federal nº 12.305/2010, que trata do descarte correto dos resíduos nos municípios. No final do prazo, em 2014, poucas cidades haviam se adequado.

Fonte: Portal de Prefeitura
Foto: Divulgação/MPE
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

About the Author tvfolhadelimoeiro

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

Nenhum comentário

Leave a Reply

NOTICIAS DA REGIÃO

NOTICIAS PELO BRASIL

NOTICIAS PELO MUNDO

Cat-5

Cat-6