Cat-1

Cat-2

Cat-3

Cat-4

» » Superior, Santa Cruz larga no Pernambucano com vitória fácil sobre o América por 3 a 0

Tricolor não encontrou dificuldades para bater o América por 3 a 0, na Arena



Com dois gols na partida, zagueiro Vitão teve um domingo de artilheiro na Arena de Pernambuco

Sem encontrar qualquer dificuldade, o Santa Cruz estreou com vitória no Campeonato Pernambucano ao bater o América por 3 a 0, neste domingo, na Arena de Pernambuco. E fragilidade do adversário à parte, a equipe tricolor deu mais alguns motivos para animar o seu torcedor nesse início de temporada, apresentando um sistema defensivo compacto e uma equipe bem distribuída em campo. Com direito também a boas apresentações individuais, como a do zagueiro Vitão, autor de dois gols, e do garoto Elias, que anotou o outro tento coral.

Na próxima quarta-feira, os comandados do técnico Leston Júnior voltam a campo pelo Estadual para enfrentar fora de casa, o Flamengo de Arcoverde, que também estreou com vitória, batendo o Sport, em plena Ilha do Retiro, por 3 a 2. No sábado, o compromisso será pela Copa do Nordeste, contra o Bahia, no Arruda. Esse sim, um desafio de maior respeito. 

O jogo

Para a estreia do Pernambucano,  o técnico Leston Júnior praticamente repetiu a mesma escalação que empatou sem gols com o Botafogo-PB pela abertura da Copa do Nordeste. A única mudança foi a estreia do meia Allan Dias. A ideia era dar maior entrosamento e ritmo de jogo à equipe coral, com maior qualidade no passe pelo meio de campo. Porém, diante de um frágil e inofensivo América, a superioridade tricolor demorou para surtir efeito.

Mesmo dominando toda a primeira etapa, com quase 70% de posse de bola, o Santa teve dificuldade na criação ofensiva nos primeiros 30 minutos. Tanto, que após uma finalização mal feita por Augusto, aos três minutos, os corais só voltaram a ameaçar de fato a meta americana aos 32 minutos, após jogada individual do garoto Elias. Era o indício que faltava ao tricolor apenas um detalhe para a equipe fazer valer seu melhor futebol, uma vez que o adversário não ameaçava (o goleiro Ricardo Ernesto era mero espectador)

E essa jogada veio dois minutos depois. Após cortar uma saída de bola mal feita do América, o zagueiro Vitão avançou ao ataque e de muito longe mandou uma bomba indefensável para o goleiro Dida. Um golaço que deixou a equipe mais solta em campo.

Tanto que o segundo gol não demorou a sair. E colocou em prática toda a organização coral, com um contra-ataque bem construído, assistência de Allan Dias e finalização com qualidade de Elias, que tocou por cima do goleiro Dida e chorou na comemoração. 

Segundo tempo

Com todo o cenário favorável, não havia motivo para o técnico Leston Júnior fazer mudanças para a volta do segundo tempo. E assim, o Santa voltou com a mesma formação. E com o mesmo domínio da partida. Logo com um minuto, por pouco Vitão, de cabeça, não faz o terceiro, com Allan Dias ainda chegando atrasado na conclusão do lance.

Com a partida sob controle, Leston Júnior fez a primeira mudança aos 11 minutos, promovendo a entrada do lateral-direito Cesinha para jogar no ataque na vaga de Augusto, que deixou o campo sob algumas vaias da pequena torcida presente à Arena. Pouco tempo depois, Neto Costa deu vaga ao meia Luiz Felipe. A intenção era aumentar a velocidade e a movimentação do ataque coral. Deu certo. 

Com direito a bola na trave de Cesinha e Diego Lorenzi perder gol feito na entrada da pequena área (após linda jogada individual de Elias), o Santa por pouco não ampliou. Mas isso não demoraria a acontecer. Aos 34 minutos, após cruzamento de Charles, o zagueiro Vitão, em dia de artilheiro, pegou de primeira e marcou o terceiro da Cobra Coral. Resultado mais do que justo.

Ficha do jogo

Santa Cruz 3 
Ricardo Ernesto; Marcos Martins, Vitão, Danny Morais e Bruno Ré; Diego Lorenzi, Charles e Allan Dias (Eduardo); Augusto (Cesinha), Neto Costa (Luiz Felipe) e Elias. Técnico: Leston Júnior.

América 0
Dida; Wellington Popila, Fernando Andrade, Alemão e Marcos Bala; Kady, Elton e Rinaldo; David (Matheus Rosas), Índio (Jefferson) e Dentinho (Matheus Sacramento). Técnico: Roberto de Jesus.

Local: Arena de Pernambuco
Árbitro: Luiz Cláudio Sobral
Assistentes: Francisco Chaves Bezerra Junior e Dhiêgo Cavalcanti Pereira.
Gols: Vitão aos 34 min do 1º e aos 34 min do 2º tempo, e Elias aos 41 min do 1º
Cartões amarelos: Alemão (A) , Eduardo, Charles (SC)
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

About the Author tvfolhadelimoeiro

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

Nenhum comentário

Leave a Reply

NOTICIAS DA REGIÃO

NOTICIAS PELO BRASIL

NOTICIAS PELO MUNDO

Cat-5

Cat-6