Cat-1

Cat-2

Cat-3

Cat-4

» » Paudalho suspende apoio ao Hospital Regional de Limoeiro e alerta para situação crítica


O secretário de Saúde de Paudalho, Orlando Jorge, informou através de nota que o município, momentaneamente, não poderá continuar ajudando o Hospital Regional José Fernandes Salsa (HRJFS), no município de Limoeiro. Segundo o secretário, o apoio acontece através de parceria firmada entre os municípios da área de jurisdição da II Gerência Regional de Saúde (II GERES) e a direção da unidade hospitalar. Paudalho, por exemplo, realizou doações de medicamentos, material pencil, insumos farmacêuticos e ambulância.

Orlando também lembrou que, juntamente com o prefeito Marcelo Gouveia (PSD), não conseguiu a publicação da Portaria de Habilitação da UPA 24 Horas de Paudalho, nem a Portaria do Centro de Partos Normais. “Não conseguimos a publicação que nos daria uma ajuda primordial nas manutenções das nossas duas unidades de serviços de portas abertas 24 horas”, enfatizou o secretário, ao afirmar que a prioridade no primeiro quadrimestre será a folha de pagamento dos servidores.

“Paudalho gostaria muito de poder ajudar ainda mais, porém mesmo com todo nosso esforço e dedicação do prefeito, não conseguimos nem a publicação da Portaria de Habilitação da UPA 24HS PAUDALHO, e nem a Portaria do Centro de Partos Normais, em dezembro de 2018. Fomos, o prefeito e eu várias vezes ao MS, e esgotamos todas as medidas técnicas e políticas administrativas neste sentido, e nada. Não conseguimos a publicação da Portaria que nos daria uma ajuda primordial nas manutenções das nossas duas Unidades de Serviços de Portas abertas 24 horas.

Então, a SMS de Paudalho está passando por um momento delicado, de priorizar as pessoas, pagamentos só de folha de pessoal neste primeiro quadrimestre. Então, o pouco que nós temos, tem que ser usado com racionalidade, e para a população de Paudalho, e os usuários dos municípios que estão frequentemente usando nossos serviços, o que muito natural. Infelizmente não temos como ajudar, mais, momentaneamente o Hospital HJFS.

Estamos, como gestores, preocupados também com a situação do Hospital Ermírio Coutinho de Nazaré da Mata, maior unidade de referência na Mata Norte. Também em crise, e a direção falando em possível fechamento. Esperamos providências por parte de Dr. André Longo, urgente, e tomada de posição por parte da II GERES”. Orlando Jorge, secretário de Saúde de Paudalho.

O secretário de Saúde de Paudalho também alertou para a situação crítica das unidades regionais: Hospital Regional José Fernandes Salsa (Limoeiro) e Hospital Regional Ermírio Coutinho (Nazaré da Mata).  Orlando revelou que o HRJFS recebeu o valor de custeio (R$ 220 mil) da competência de setembro no mês de dezembro de 2018: “Está faltando tudo. Medicamentos, insumos, vai faltar material de limpeza, entre outras necessidades básicas”. Ele também pediu que a II GERES tome providências junto a Secretaria Estadual de Saúde (SES). “Estou escrevendo aqui no grupo dos secretários, para que todos tenham conhecimento de que nesta atual situação, não adianta realizar transferências para o Hospital Regional José Fernandes Salsa”, alertou o secretário.

Orlando lembrou que a diretora do Regional está de férias e não há confirmação da permanência dela no cargo. “A normativa do SUS é de que os Estados apoiem os municípios, e não o inverso. Mas com parceria construída entre os municípios e o Regional temos alcançado resolutividade para ajudar a população. Torcemos para que assim permaneça”, finalizou.

Por:Alfredo Neto
Fonte:Blog do Agreste


«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

About the Author tvfolhadelimoeiro

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.

Nenhum comentário

Leave a Reply

NOTICIAS DA REGIÃO

NOTICIAS PELO BRASIL

NOTICIAS PELO MUNDO

Cat-5

Cat-6